Dados estruturados e o SEO

Esse é o primeiro post de um projeto que eu levei um bom tempo definindo em minha cabeça. Nele falaremos sobre a relação entre os Dados estruturados e o SEO e como fazer seu site mais semântico.

Este blog vou escrever sobre um assunto que sou apaixonado: O SEO SEMÂNTICO.
Aqui vou escrever artigos e posts sobre minhas pesquisas, opiniões e achados sobre a otimização de sites mais avançada, aquela que usa os estudos em semântica, Inteligência Artificial, Ontologias, Dados Conectados e Análise de Resultados baseados em dados.
E neste primeiro post vou fazer sobre:

Aqui vou escrever artigos e posts sobre minhas pesquisas, opiniões e achados sobre a otimização de sites mais avançada, aquela que usa os estudos em semântica, Inteligência Artificial, Ontologias, Dados Conectados e Análise de Resultados baseados em dados.

E neste primeiro post vou fazer sobre:

O papel dos dados estruturados no SEO

Antes de começarmos a falar sobre uma mudança que alterou a forma como buscamos informações na web e teve um impacto profundo no trabalho do SEO: a mudança do Google, de uma ferramenta de buscas para uma plataforma de respostas.

Das palavras-chave para as entidades

Não quero novamente falar sobre a história do Google, de como ele fez a transição entre um mecanismo que juntava milhares de links azuis numa página para uma plataforma que usa inteligência artificial de aprendizagem profunda, combinando pesquisa de aprendizado de máquina aberta com engenharia de sistema e recursos de computação em alta escala para gerar respostas a todas as perguntas do mundo.

No cenário anterior, quando os buscadores entregavam uma página com 10 links por vezes, a importância de ter as palavras certas, nas páginas certas era enorme. Acerte a proporção de palavras e chegue nos primeiros lugares. Mesmo sem entregar um bom conteúdo para as pessoas.

Isso mudou.

Hoje o conteúdo que você cria precisa de muito mais coisas para aparecer nas buscas, e além disso, manter as pessoas no seu site. E é aqui que entram as substitutas das palavras-chave: as entidades.

Os mecanismos de busca atuais são dependentes, podemos assim dizer, dos esquemas de marcação de dados estruturados para mostrar rich snippets em seus resultados de pesquisa. Pode parecer fácil marcar qualquer tipo de dado, mas a maior parte da marcação está limitada a alguns tipos de conteúdo, como receitas, negócios físicos, artigos, vídeos e outros.

O que é uma entidade e sua relação com o SEO?

Em Web Semântica, uma entidade é a “coisa” descrita em um documento.

Uma entidade ajuda os computadores a entender tudo o que você sabe sobre uma pessoa, uma organização ou um lugar mencionado em um documento online. Todos esses fatos são organizados em declarações conhecidas como triplos, expressos na forma de:

  • Assunto;
  • Predicado;
  • Objeto.

Para quem trabalha com redação de textos sabe bem do que estou falando, na verdade, uma criança na escola aprende sobre isso nas aulas de Português: Sujeito, Predicado e Objetivo.

Esses 3 elementos juntos numa frase nos dão o contexto, nos mostram o que acontece, nos dão sentido. Ou seja, são semânticos!

DADOS ESTRUTURADOS E O SEO

O que é Semântica?

Origem: ETIM fr. sémantique, do gr. * sēmantikḗ fem. substv. de sēmantikós,ḗ,ón ‘que indica, que significa’

substantivo feminino

  1. LINGÜÍSTICA: estudo sincrônico ou diacrônico da significação como parte dos sistemas das línguas naturais.
  2. LINGÜÍSTICA: num sistema linguístico, o componente do sentido das palavras e da interpretação das sentenças e dos enunciados.
  3. FILOSOFIA LÓGICA: teoria abstrata da significação ou da relação entre os signos e seus referentes (em oposição à sintaxe e à pragmática), e constituindo com estas uma semiótica.
  4. FILOLOGIA: ciência que estuda a evolução do significado das palavras e de outros símbolos que servem à comunicação humana.

É aqui que entram a estruturação dos dados.

Na web, dados podem ser encarados como qualquer porção de conteúdo que você coloque online, seja em seu site, aplicativo ou plataforma.

Os dados podem ser os nomes dos seus produtos ou serviços, suas sedes, seus gerentes e seus departamentos, enfim, tudo relacionado ao seu negócio.
E a palavra chave é essa: relacionamento.

Dados estruturados e relacionados

A relação entre os dados que você coloca online é tão importante quanto os dados em si. Sem descrever a relação entre suas sedes e os gerentes de cada uma, qual seria a utilidade desta informação?

O Google não examina as buscas relacionadas as suas páginas, procurando por informações sobre uma determinada pessoa, local ou coisa, mas também consulta as informações já registradas e analisa os dados estruturados associados à página, executando consultas com base nesses dados.

Mas como você pode usar os dados da estruturados nos seus projetos digitais?

Isso significa que usando marcação semântica de dados estruturados em seus projetos online você ajuda os buscadores a entenderem o que você está dizendo e qual a relação disso com as perguntas que as pessoas fazem, aumentando muito a chance de ser você a fonte para os resultados.

Assim que você começa a estruturar os seus dados através do uso do Schema (schema.org) você começa a trabalhar com camadas relacionais de sentido a esse conteúdo.

Os estudos feitos pela comunidade de SEO relacionada aos estudos semânticos descobriu que o Google traz muito mais tráfego em palavras-chave de cauda longa para sites em muitas páginas diferentes, mas que não estavam sendo vistas no Google.

Isso poderia indicar que algo tinha mudado, que o Google rastreava algo além dos textos escritos nas páginas de seu site.

Adicione dados estruturados aos seus projetos

Adicionar dados estruturados às suas páginas para identificá-las é algo que qualquer um pode fazer. A facilidade deste processo vai depender do gerenciador de conteúdos que usa em seus projetos.
Caso não use nenhum vai precisar contar com um profissional especializado em marcação de dados (um SEO com esse conhecimento é a melhor escolha).

É preciso buscar equilíbrio no uso dos dados estruturados aos seus projetos. Mas falaremos sobre a relação entre dados estruturados e campo semântico em outro post.

É realmente uma tentação colocar cada vez mais informações numa página, a transformando numa espécie de repositório sobre tudo relacionado a um certo assunto.
Mas isso adiciona complexidade desnecessária, tanto para as pessoas que leem o que está escrevendo quanto para os algorítimos que tentam entender o seu conteúdo.

Talvez você queira incluir informações, mais informações em suas páginas sobre entidades relacionadas ao seu negócios, mas lembre que precisa gerenciar seus dados estruturados, de uma maneira realmente precisa, sem sair do assunto principal que está falando.

O que eu estou dizendo é que você precisa planejar o uso de dados estruturados como planeja o seu conteúdo.

Se você colocar ênfase em um aspecto de conteúdo, então deve também fazer a marcação adequada para ele.

Algo que é relevante para o negócio deve ser levado em consideração também ao estruturar a página. O valor semântico do seu conteúdo está relacionado ao campo semântico em que seu negócio está inserido.

O SEO é um pensamento estratégico que deve estar alinhado com os objetivos do seu negócio.


 

Alexander Rodrigues Silva

Consultor SEO

Consultor SEO e defensor da Web Semântica. Publicitário e Bibliotecário em formação, com mais de 20 anos de experiência no Digital. Trabalho com Search Engine Optimization desde 2009, sempre buscando alinhar a experiência do usuário a estratégias como Marketing de Conteúdo, otimizando o investimento em SEO.

SEO Semântico – A série

Exit mobile version